Encontrei um pequeno “problema” após realizar a instalação do Manjaro através de seu instalador gráfico. O sistema não criou uma partição SWAP padrão.

Acredito que isso não venha a ser um “problema”, creio também que deva estar pré-configurado no instalador do Manjaro para criar partições SWAP apenas se o computador possuir X /MB,GB de RAM.
Me encontro com apenas 4 GB de RAM, o que eu acho pouco devido a quantidade de abas que mantenho abertas em meu navegador, junto com o uso paralelo do Thunderbird e do Rambox com diversas contas configuradas.
Escrevendo esse pequeno post me encontro com 4 abas no Chromium, um terminal rodando DD o tal do Rambox e algumas outras aplicações além dos processos em background do sistema e com isso tudo 2,8 GB de minha RAM estão sendo utilizadas 2,8 / 4 GB, isto é, no momento me encontro com apenas 1,2 GB livres (ainda estou usando o XFCE, imagina se…)

> Então vamos ao que interessa!

Com os comandos abaixo você poderá criar um arquivo SWAP que irá fazer o mesmo papel de uma partição SWAP com a vantagem de ser muito mais versátil dependendo de sua situação.

É importante saber: Se você possuir mais de 6 GB de RAM, é muito provavél que você não precise de um arquivo SWAP, crie somente se você observar que o seu consumo de RAM poderá ultrapassar a quantidade de RAM disponível em seu sistema.

> Criando um /arquivoswap

Este processo é muito rápido e simples (não suportado pelo sistema de arquivos BTRFS)
Criação do /arquivoswap
 
Escolha o tamanho
 
Utilize M para megabytes e G para gigabytes, o comando a seguir irá criar um /arquivoswap de 4 GB
fallocate -l 4G /arquivoswap


Selecione as permissões corretas (muito importante para segurança)
 
chmod 600 /arquivoswap


Formate o /arquivoswap
 mkswap /arquivoswap

Ative o /arquivoswap

swapon /arquivoswap


Adicione a seguinte linha ao seu arquivo /etc/fstab

/arquivoswap none swap defaults 0 0 
 * Para isso você pode digitar no terminal “sudo nomedoseueditor /etc/fstab
 

Pronto! Agora você pode ficar tranquilo!

O arquivo de Swap vai ajudar você evitar travamentos em sua máquina ou a perda de dados por insuficiência de memória, mas o ideal mesmo é que você acrescente mais memória a seu computador caso seja possível. Caso tenha um SSD procure criar o arquivo SWAP dentro do seu SSD. Caso queira remover acesse o link da fonte.
OBS: Testei somente no Manjaro/Arch, mas acredito que funcione em qualquer distro, apesar que a maioria das distros já criam uma partição SWAP por padrão.

 

Anúncios